Se não for direcionado automaticamente, clique aqui. DM Beauty Care: Dicas de vestuário para o trabalho

13 de mar de 2013

Dicas de vestuário para o trabalho


Sabendo usar, o salário pode até melhorar!!!

Aviso das consultoras: o figurino é muitas vezes determinante na hora de uma promoção.

Aviso das estilistas: nem o infinitamente repetido terninho é à prova de erro.

 Quem foi que disse que ser mulher e profissional é fácil!  

Na hora de se arrumarem para trabalhar, muitas mulheres acreditam que "não existe mais ditadura da moda“ e "cada um pode usar o que quer".  Na verdade, não é bem assim!! Na área corporativa, as roupas falam pela pessoa, inclusive na hora de avançar na carreira. E elas têm de falar bem. Por isso, é importante conhecer o seu tipo físico, o código de vestuário da empresa e saber fazer a mistura correta.

Em muitas Empresas e atividades existem o uniforme, mas acredito que a maioria hoje em dia, permite o uso de roupas pessoais e é nessa hora que devemos ficar atentos!!

Gloria Kalil (diretora de confecções como Fiorucci e Jeigikei e consultora de estilos) disse, em palestra para funcionários de um grande banco: "Roupa social, em especial a de balada, é uma coisa; roupa profissional é outra".
Também recomendou como citado acima, a atenção ao código particular de cada empresa. Atente-se: se você olhar em volta e perceber que todos  os seus colegas têm um piercingcorra para fazer a tatuagem com que sempre sonhou  – ou simplesmente mostre a que já tem!!!

 Em geral, no entanto, quanto mais conservadora  for a empresa, maior a necessidade de adaptação das mulheres profissionais.




Na filial brasileira da transportadora americana UPS,
existe uma série de normas escritas em papel timbrado, que variam conforme a categoria profissional.
"Os funcionários são nosso cartão de visita. Eles carregam a imagem e a reputação da empresa,  por isso precisam seguir regras predeterminadas", justifica a presidente da UPS, Nadir Moreno. 
Vocês acreditam que nesta empresa é proibido  usar sandálias!!?? É uma Empresa muito formal.


"Eu uso roupa feminina, mas tomo cuidado", diz a maranhense Dezée Mineiro, diretora executiva
 de uma empresa alemã no Brasil. Ela já passou
pelo aperto de ter de  segurar o decote na hora
de assinar um contrato, então aprendeu a adaptar
o guarda-roupa às ambições profissionais, sem abrir mão do estilo exuberante. "Os alemães são muito conservadores", diz ela.



O conselho mais simplificado dos consultores é observar como se vestem os(as) chefes. 



Até num ambiente onde exibir o corpo e desfilar odismos constitui a norma é preciso entender alguns códigos. Exemplo de transformação pessoal bem-sucedida, é a atriz Grazielli Massafera, ela superou o estilo que ostentava na época do Big Brother – cabelo comprido demais, maquiagem extravagante, acessórios ofuscantes, jeans rasgados com a marquinha do biquíni aparecendo.
"Ela entendeu que seu corpo é de modelo, específico para usar roupas curtas, que alongam mais. Além disso, ela tem rosto,  pele e cabelo puxando para o dourado. Qualquer coisa que brilha muito ou contrasta demais vulgariza", analisa a personal stylist Patrícia Zuffa, que há um ano e meio a ajuda com o figurino.



Hoje, Grazi pode ostentar com elegância  o estilo predominante nas festas de celebridades nacionais e internacionais: um vestidinho de pouco mais de três  palmos acompanhado de salto altíssimo. O truque para não ficar vulgar é usar  no máximo um acessório e abrandar a maquiagem.  "Aprendi também que,
quando o decote é grande, o comprimento da roupa deve ser maior. Evito calças de cintura baixa, que acabam  com o corpo feminino, além de marcarem o culote E, se estou em dúvida, coloco um terninho“, recita Grazi.

 Como adequar o seu estilo pessoal ao profissional??

Como o trabalho ocupa grande parte do nosso cotidiano, é de se esperar que a profissão que escolhemos tenha alguma coisa a ver com nossos interesses particulares. 

Isto significa que o seu guarda-roupas pessoal não será assim tão diferente daquele que você usa para ir trabalhar. O que todo mundo deve ter em mente é: o bom senso, independe do seu lugar de trabalho. 
E roupa de trabalho não é igual a roupa de festa, nem de balada. É uma roupa que tem, sim, a sua cara, mas a sua cara profissional - isso vale para qualquer profissão, seja ela formal ou informal. Então, nada de decotes extravagantes, comprimentos míni e muita pele à mostra!

Festa da firma também é assunto profissional!  As hierarquias continuam as mesmas do escritório! Portanto, mesmo que a diretoria tome muitas e muitas taças, você não está liberada para beber todas como se estivesse entre amigos num clube noturno. Mas nesta hora,  podemos florear mais nos trajes!!!!

Com que roupa eu vou? Óh dúvida cruel!



Para simplificar tudo, dê atenção à parte de cima do look, afinal você quer sair bem na foto, não é? Invista numa super blusa! Pode ser algo com algum brilho, com um design diferente e numa cor mais vibrante. Você ainda pode prender  Os cabelos ou pode usar um acessório neles, como uma presilha, uma flor ou tiara diferente ( está super na moda); Que tal um lenço no pescoço com uma amarração especial?  Conclua a produção com um bracelete poderoso e se você curte usar colares, escolha um mais colorido, para dar ênfase no seu rosto. E para finalizar - Detalhe indispensável: capriche na make-up!


Pronto, você está linda para a festa e é só se 
divertir!!    




Agora veja, alguns exemplos de apropriado e não apropriado!







Vestuário indicado




Espero muito que tenham gostado e que seja muito útil para vocês!!

Grande abraço!

Débora Mendonça
347.737.8565
dmbeautycare@gmail.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Leia também: